HOMOSSEXUALIDADE

Hmm… Depois de DOIS ANOS sem publicar nada, hoje eu vi um troço no Facebook que me deixou P da Vida, então eu volto já com um tema controverso!!!

Bom, se você é homossexual e está lendo este texto, temos que entender algumas coisas:

  1. Você pode gostar de Maroon 5 e eu odiar, e eu gostar de Megadeth e você odiar.
  2. Você pode gostar de CSI e eu odiar, e eu gostar de Law & Order e você odiar.
  3. Você pode gostar do Wolverine e eu odiar, e eu gostar do Batman e você odiar.

Por fim, nossas opiniões podem ser diferentes e mesmo assim a gente conviver em paz. 100% dos meus amigos discordam de ideias minhas e eu das deles.

Dito isso, vou expor minha opinião e preferência pessoal: sou heterossexual, casado com uma mulher (diga-se de passagem, gatíssima), acredito na Bíblia, e acho que a homossexualidade é anti-bíblica. Minha humilde e particular opinião.

Outra coisa, e essa é para os crentões de plantão que insistem em falar “homossexualismo”:

  • Se você conhecer um cara de bem que utiliza uma motocicleta por lazer ou por Hobby, verá que ele não quer ser chamado de motoqueiro, e sim de motociclista.
  • Se você conhecer um paraquedista, verá que ele não “pula” de paraquedas, mas que “salta”.
  • Se você falar que o Tonto é amigo do Zorro, você será um pangaré, pois o Tonto é amigo do Cavaleiro Solitário (Lone Ranger). O amigo do Zorro é o surdo-mudo Bernardo.
  • Quem fala “Aiou, Silver” é o Cavaleiro Solitário, pois o cavalo do Zorro é o Tornado.

Então… O nome agora é “Homossexualidade”, e os homossexuais preferem este termo. Cabe a nós, pessoas que respeitam o próximo, respeitarmos isso. Ou você, querido “pançudo”, quer ser chamado de Gordo-Baleia só porque você realmente é um gordo-baleia?? Não, né? Então…

Bom, posso começar o texto?

Hoje fui surpreendido com a seguinte figura, veiculada na Internet:

O texto bíblico utilizado – Levítico 18:22  – faz parte das leis cerimoniais Judaicas, dadas a eles por Moisés, que as recebeu de Deus.

Pessoal, não sou teólogo, minha especialidade é outra (quadrinhos e Heavy Metal. WhuHAuhUHAUhuHAuhu). Pra eu levar esse texto a fundo, teria que estudar antropologia e teologia (talvez filosofia e psicologia também) e depois defender uma tese. Mas como o blog é meu, escrevo o que eu quero. Eheheh.

Voltando.

As leis cerimoniais dadas a Israel nos livros de Deuteronômio, Números e Levítico são leis dadas para o povo de Deus, os Israelitas, conseguir sobreviver naquela época, para que depois Davi, Salomão, uma pá de gente e depois Jesus Cristo viessem a nascer.

Mas por que elas são cerimoniais, e por que não segui-las hoje?

É o seguinte: Alguém aqui lembra o episódio do Bezerro de Ouro? Tá naquela sua bíblia velha e empoeirada, no livro chamado “Êxodo”, no capítulo 32. O livro tem esse nome porque narra o êxodo (saída) dos israelitas do Egito, indo para a Terra Prometida.

Os israelitas eram o povo de Deus, mas eram um povo CHUCRO, tipo tribal, sem noção, ignorante. E tinham seu líder máximo, Moisés, que foi criado entre os familiares do Faraó, moçada inteligente, culta.  

Moisés saiu e ficou 40 dias fora (pouco mais de um mês!!!), no monte Horebe, recebendo de Jeová Deus os 10 mandamentos. Quando ele voltou, a moçada tinha DESENCANADO TOTAL de Deus, derretido todos os objetos de ouro e feito um BEZERRO (filho de uma vaca!!!) de ouro, e ficaram adorando o bicho.

Cara, 1 (UM) mês e mais um pouquinho foi suficiente pra moçada esquecer Jeová, o Deus máximo, e adorar um objeto, que representava um deus que os próprios malucos inventaram naquela hora.

Dá pra ter noção no quanto essa galera era SEM NOÇÃO?? É pior que eu pegar meu boneco do Gato Guerreiro do He-Man e começar a rezar pra ele!! Caramba!

Por isso as leis cerimoniais, leis que nada mais eram do que regras para manter este povo saudável, com sua cultura e características preservadas, boa saúde, bom convívio em sociedade etc.: não defecar dentro da região dos acampamentos, não ter relação sexual com mulher menstruada (que poderia passar doença de um pro outro pelo sangue, no meio dum deserto sem SUS), lavar a mão antes de comer, etc. etc.

Se ligou?? Na mesma lei, tem outras coisas como:

“Não comam nada com sangue”   E a Picanha malpassada? Será que não pode comer??

“Não cortem o cabelo dos lados da cabeça, nem aparem as pontas da barba”   – Pow, não posso mais usar meu Prestobarba?? Nem raspar minha cabeça? – Ninguém pode mais ir a seu barbeiro aparar seus mullets e suas madeixas???

“Não plantem duas espécies de sementes na sua lavoura” – Não pode plantar Pimentão e Tomate junto!!!!

“Não usem roupas feitas com dois tipos de tecido” – Pô, hoje eu fui trabalhar com uma calça 50% algodão e 50% poliéster!! Ferrou!

“Quando vocês entrarem na terra e plantarem qualquer tipo de árvore frutífera, considerem proibidas as suas frutas. Durante três anos vocês as considerarão proibidas; não poderão comê-las” – Eis um problema no setor de investimentos em Agronegócios!!

Pessoal que quer criticar a Bíblia: antes de dizer que eu mesmo estou dizendo que a Bíblia é incoerente, vai estudar mais!!! Essas eram Regras para manter o povo de Deus separado, com as características necessárias para a vinda de Jesus. Quer mais detalhes? Vá à faculdade teológica mais perto de você e se matricule. Aprenda exegese, hermenêutica, história bíblica, doutrinas etc. Não é aqui o lugar pra você amparar suas não-crenças, ok?

Então, voltando novamente de novo mais uma vez, como uma pessoa que NÃO SEGUE essas leis que eu acabei de citar acima, quer que seja seguida SÓ UMA: “Homem com homem tem que morrer!!”?!?

Utilizar um texto de uma lei cerimonial de milhares de anos atrás para um povo oriental, pra julgar um comportamento de um povo ocidental no século 21, é,  em minha opinião, MEIA-BOCA, uma atitude infantil e pouco inteligente.

Mas com isso, mesmo aos trancos e barrancos, a galera de Israel conseguiu sobreviver e se manter, e depois de um tempão, uns séculos…

…nasceu desse povo Jesus, meu Brother, meu Pai, meu Irmão, meu Camarada, meu maior referencial. Nessa época, ele disse a seguinte parada:

“Ame a Deus com todo o seu coração, toda sua alma e toda a sua inteligência, e ame o seu próximo como você ama você mesmo”.

E, nessa vinda, cheia de amor e compreensão, houve uma carta que o apóstolo Paulo escreveu – homem esse que seguia os mandamentos deixados por Jesus – endereçada aos cristãos que moravam em Roma. Dentro da minha fé, Paulo era totalmente inspirado por Deus. Se liga no que ele fala aqui…

“Desde a criação do mundo os atributos invisíveis de Deus, seu eterno poder e sua natureza divina, têm sido vistos claramente, sendo compreendidos por meio das coisas criadas, de forma que tais homens são indesculpáveis […] Até suas mulheres trocaram suas relações sexuais naturais por outras, contrárias à natureza. Da mesma forma, os homens também abandonaram as relações naturais com as mulheres e se inflamaram de paixão uns pelos outros. Começaram a cometer atos indecentes, homens com homens, e receberam em si mesmos o castigo merecido pela sua perversão”.

Maaaaaaaaaaaas…. agora vem o que quero expor. Vejam as outras coisas que Paulo escreveu na mesmíssima carta:

“Portanto, a ira de Deus é revelada do céu contra toda impiedade e injustiça dos homens que suprimem a verdade pela injustiça, tornaram-se cheios de toda sorte de injustiça, maldade, ganância e depravação. Estão cheios de inveja, homicídio, rivalidades, engano e malícia. São bisbilhoteiros, caluniadores, inimigos de Deus, insolentes, arrogantes e presunçosos; inventam maneiras de praticar o mal; desobedecem a seus pais; são insensatos, desleais, sem amor pela família, implacáveis. Embora conheçam o justo decreto de Deus, de que as pessoas que praticam tais coisas merecem a morte, não somente continuam a praticá-las, mas também aprovam aqueles que as praticam”

Meus grifos: coisas que vemos TODOS os dias, e que também praticamos, mas não atacamos com a mesma atitude ferrenha com o qual atacamos a homossexualidade.

Sendo assim, nossos “pecadinhos”…

  • Olhar o decote ou o traseiro da mulher do meu amigo;
  • Sonegar impostos;
  • Não devolver troco a mais recebido;
  • Falar mal do chefe chato;
  • Mentir na declaração do imposto de renda;
  • Comprar filme e jogo pirata

Nos tornam biblicamente pecadores como as pessoas que praticam a homossexualidade. Só que os pecados que citei causam consequências menores. Poréééééééém….

Quando comparamos com pecados como adultério assassinato, vemos que as consequências da homossexualidade são menores.

Então, não, não concordo com a homossexualidade. Ponto.

Mas, dentro do que creio, o que nos leva para o céu não é o que praticamos, mas sim a fé em Cristo, que nos molda para sermos pessoas melhores, e nos dá força para TENTARMOS não praticar as coisas citadas acima.

CRISTÃO, vamos AMAR nosso próximo! Homossexual ou não!!

Vamos tentar entender a sua história de vida, suas tristezas, sofrimentos, chorar com ele, rir com ele, ajuda-lo, abraça-lo, exortá-lo com amor, e apresentar o amor de Cristo a ele. Inclusive o próprio fato de que Jesus não aprova a homossexualidade.

Depois disso, é um problema íntimo da pessoa com Deus, não meu, nem seu, nem nosso.

Daí, a nossa obrigação é orar e ajudar.

Mais nada.

EXCELSIOR!!

Doug Bathmann
http://www.facebook.com/DougBathmann
http://www.facebook.com/BloodforgeBR 

Anúncios

10 Respostas to “HOMOSSEXUALIDADE”

  1. Cara na boa? Li os comentarios no face pela manha e penso que nos dias atuais, tentar explicar o homossexualismo é meio retrógado. É como tentar acabar coma violencia explicando os motivos pelos quais ela ocorre. O texto é bacana, isso é uma verdade, mas só expoe seu ponto de vista baseado em conceitos biblicos. Nada contra religião, conceitos, ou esposas gatissimas, mas a condição dos homossexuais nunca vai mudar no mundo, Alias, muda sim, ja tem até algumas leis que permitem uma coisa aqui outra ali, mas o que quero dizer é que acho desnecessario tentar explicar ou punir uma condição que ninguém tem respostas.Mas uma coisa tenho que concordar quando diz: “Por fim, nossas opiniões podem ser diferentes e mesmo assim a gente conviver em paz. 100% dos meus amigos discordam de ideias minhas e eu das deles”
    Isso nunca vai mudar, desde que o mundo é mundo existe violencia, droga, homossexualismo e outras coisas. Vivemos me media 73 anos segundo o IBGE, e quando morrermos nada disse tera sido resolvido, descutir o assunto é inutil, nunca vai mudar. De qualquer forma, é importante que esteja engajado em defender e expor seu ponto de vista. No final o que importa é ser feliz.Abraço!

    • Fala cara, eu te entendo, mas é que existem muitos motivos que levam pessoas a fazer comportamento A ou B, e a gente nem tenta avaliar, já vai atacando de qualquer jeito. E como eu acredito na Bíblia, eu fico emputecido quando a deturpam para amparar ideias particulares.
      Mas muito obrigado por ter lido e comentado!
      Um abração!
      BATz

  2. poutz… sou teu fã… agora precisa colocar isso varrer o face para que TODOS os envolvidos pensem depois de ler…

  3. Fala, Doug! Parabéns pelo texto, muito bem escrito e com certeza, “dá um chacoalhão” nesses moralistas/legalistas de plantão.
    Nossa fé e prática tem mesmo que se basear na pessoa de Jesus Cristo, a revelação definitiva de Deus como é, e do homem como deveria ser.
    Um pequena e única ressalva: acredito – minha opinião – que a Bíblia não condena o homossexualismo, e sim a prática homossexual. Logo, todos podemos ter os impulsos e inclinações mais variados para o pecado, com a opção de não ceder a eles. Isso vale para os nossos irmãos que tem essa tendência tão aflitiva: é possível sofrer com essa situação, mas ainda assim, ser vencedor em Jesus, privando-se da prática imoral e guardando-se para alcançar o tesouro máximo no final (final que será apenas o começo!). Nesse caso, acho que cabe o celibato.
    Lembrando daquela máxima: Jesus odeia o pecado, mas ama o pecador (que não deixa de ser pecador, pois é uma condição da humanidade caída).
    Grande abraço!!!

  4. Edson Junior Says:

    Muito bom Doug!!!
    Acho tambem que se cada um de nós procurassemos AMAR mais, estariamos
    mais proximos de Cristo.
    E àqueles que se perdem nas metaforas da biblia, fica a dica de Jesus: Ame, ame e ame ainda mais!

    Ps. Acho importante sim, discutir o assunto.
    Sem discuçao as coisas “estacionam”.
    Até concordo que talvez eu morra sem ver grandes avanços na evoluçao espiritual dos homens, mas se tentarmos “subir um degrau”, certamente nossos filhos subirão o próximo.

  5. Muito massa mano. Direto ao ponto.

  6. Otimo texto Douglas. Lembro de uma vez que resolvi escrever um texto sobre homossexualidade no meu blog…deu um bafafa enorme. Mas vc conseguiu ser conciso sem pisar em nenhuma casca de ovo. Valeu!

  7. Thiago Lopes (ex dElohim) Says:

    Muito bom seu ponto de vista véio!
    abraço Doug!

  8. Marcos Andre Says:

    Belo texto Douglas …..
    Partindo do principio que somos seres ímpares da criação de DEUS, temos caracteristicas diferentes e é exatamente isso que nos torna tão especiais aos olhos de DEUS, e sem entrar no mérito do livre arbítrio mas focando o meu ponto de vista exatamente nos princípios e valores, porque acho que toda essa aceitação por algumas escolhas que até algum tempo atrás eram menos explícitas e agora estão escancaradas, no meu ponto de vista o problema é exatamente inversão de valores, o homem passou a valorizar mais o seu contexto usando para isso particularidades da filosofia, psicologia, sociologia e tantas outras “logias”, o homem continua sendo o mesmo “adão” do jardim do éden, arrogante, prepotente, ambicioso, omisso, egocentrico e que continua dando ouvido a “serpente” (seu ego) e ainda continua tentando culpar a “eva”, (problemas familiares, cultura, feridas na alma), me desculpe os mais liberais, mas não acho que esse é um assunto que não deva ser discutido, acredito sim que devemos colocar em prática os ensinamentos de JESUS em amar ao próximo sem antes disso fazer uma análise calculando o que isso me trará de prós e contras, podemos amar como JESUS amou sem perder os princípios como ELE, que amou pecadores, conviveu com prostitutas e ceiou com traidor, sem perder seus princípios e o temor aos princípios deixados por DEUS.
    Temos nos colocado em lugares de juizes determinando sentenças de vida, quando colocamos em pratica os ensinamentos de JESUS, e de morte quando assumimos o papel de Pilatos, lavando as mãos diante do erro da aceitação do que é popular, simplesmente para “ficar bem na foto”, que não nos esqueçamos que um dia prestaremos conta das nossas ações e das nossas omissões.
    Um abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: